Os benefícios da Biotina para o cabelo, unhas e pele

Fortalece as unhas, evita à queda de cabelo, renova da pele e reduz do colesterol. Estes são alguns dos benefícios que a Biotina traz para o corpo e a saúde de quem a ingere. Conhecida também como vitamina B8, vitamina B7 ou vitamina H, a Biotina é uma das vitaminas encontradas no complexo B e consiste em um composto hidrossolúvel (solúvel na água) produzido no intestino por bactérias e obtido por meio da alimentação.

Tal como as outras vitaminas do complexo B, a Biotina está associada ao metabolismo das gorduras, carboidratos e proteínas. Funciona como uma enzima que processa o metabolismo e transforma todos esses nutrientes em energia para o corpo, além de produzir ácidos que mantém a pele, as unhas e os cabelos sempre saudáveis.

E embora não seja sua principal função, também pode ser utilizada por quem busca perder peso e ganhar massa muscular. Pois está vinculada a alimentos saudáveis e à redução do colesterol.

Onde encontrar a Biotina

A fonte da Biotina são os alimentos saudáveis. Você pode encontrar essa vitamina principalmente em: amendoins, nozes, tomate, gema do ovo, cebola, cenoura, alface, couve-flor e amêndoas.

Além disso, outros alimentos que também contam com boas quantidades desse nutriente são: carne vermelha, carnes brancas (peixe e frango), leite e seus derivados (queijo, iogurte, manteiga, etc.), algumas frutas (especialmente laranja, melão, abacaxi, banana, morango, melancia e abacate) e algumas sementes (soja, aveia, gérmen de trigo).

O interessante da Biotina é que ela não desaparece depois do cozimento, como outros nutrientes em que os alimentos só podem ser ingeridos crus. Então, indiferente se o alimento esteja cru ou cozido, você vai receber a mesma dose de Biotina no corpo.

Os benefícios da Biotina

A Biotina tornou-se a queridinha das mulheres por ser excelente para os cabelos, unhas e a pele. No entanto, não é apenas as vantagens estéticas que fazem dessa vitamina uma grande aliada da sua saúde. Veja abaixo os principais benefícios comprovados, tanto para a boa forma como para a saúde, que a Biotina oferece:

1 – Pele: o metabolismo de carboidratos, proteínas e gorduras causado pela Biotina melhora a aparência e saúde da pele. Se a sua pele está seca, escamosa e com vermelhidão em volta da boca e nariz, significa que há ausência de Biotina no seu organismo;

2 – Cabelos: por mais que ainda não haja uma relação concreta entre os cabelos e o nutriente, muitos especialistas acreditam que a Biotina está relacionada com a produção de queratina, proteína que compõe o cabelo. O que evita a queda dos fios e os mantem mais fortes e saudáveis;

3 – Unhas: assim como a produção de queratina através da Biotina está ligada a redução da queda de cabelo, para as unhas é o mesmo processo. A queratina conversa as unhas mais fortes e menos quebradiças;

4 – Coração: a Biotina diminui os níveis de colesterol e de triglicerídeos (responsáveis pela redução do colesterol HDL (o colesterol “bom”), ambos nocivos para a saúde do coração e do sistema circulatório. Desta forma, reduzindo o risco de hipertensão e arteriosclerose;

5 – Redução dos níveis de açúcar: a Biotina faz a “manutenção” dos níveis de açúcar no sangue, evitando o excesso ou a escassez de açúcar e diminuindo a pressão dos níveis de insulina. Ou seja, é um ótimo nutriente para prevenir ou reduzir a diabetes tipo 2.

Deficiência de Biotina no corpo

Apesar de não ser algo comum, algumas pessoas apresentam carência de Biotina no organismo. São inúmeras as causas, mas as mais frequentes são: desnutrição grave de proteínas, alcoolismo, uso excessivo de clara de ovo crua e medicamentos para epilepsia.

Essa deficiência de Biotina pode provocar problemas dermatológicos, seborreia, queda de cabelo, furúnculos, flacidez, perda de apetite, colesterol alto, anemia e – anos casos mais graves – até depressão.

Biotina em cápsulas

Outra forma de conseguir ingerir a Biotina é por meio de cápsulas vendidas em farmácias, geralmente em frascos com 60 cápsulas de 5 mg cada, nas opções fórmula pronta ou encomendada em farmácias de manipulação.

Para utilizar esse tipo de Biotina é necessário ter acompanhamento de um médico (dermatologista), por dois motivos:

1 – o médico que indicará o seguro para você e qual a melhor forma de consumi-las, que pode ser de 2 a 5 vezes por dia, sendo 1 comprimido de 5 mg.

2 – a venda só é feita à partir da apresentação de receita médica.

Então, para você que pretende usar a Biotina em cápsulas como complemento, o recomendado é visitar um médico de sua confiança para não correr nem um risco.

Veja a seguir a bula da Biotina em Cápsulas:

– Valores: entre 10 e 100 reais (depende do conjunto de vitaminas incluídas no suplemento e da quantidade de cada embalagem).

– Indicações: indicada principalmente para o tratamento de queda de cabelo, unhas fracas, caspa e pele seca.

– Efeitos colaterais: irritação do sistema gastrointestinal, diarreia e náuseas.

– Contraindicações: mulheres grávidas ou em fase de amamentação, idosos, crianças com menos de 12 anos e pacientes com hipersensibilidade aos componentes da fórmula.